Noticias

Em Oxford, Barroso critica polarização: “Precisamos fazer com que mentir volte a ser errado”

Presidente do STF participou de fórum com estudantes brasileiros no Reino Unido neste sábado (22)

O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luís Roberto Barroso, participou neste sábado (22) de um evento na Universidade de Oxford e criticou o mundo de “narrativas próprias” criado pela ascensão das plataformas digitais.

O ministro defendeu, no discurso de abertura do Brazil Forum UK, que “precisamos fazer com que mentir volte a ser errado”.

“Nesse mundo que se tribalizou por conta dessas plataformas em que as pessoas vivem no seu viés de confirmação, sempre lendo as mesmas coisas e se radicalizando. E em um mundo em que a imprensa sofreu uma crise no seu modelo de negócio e nós perdemos esse espaço importante de criação de fatos comuns sobre os quais as pessoas formem as suas próprias opiniões”, começou Barroso.

“O que esse mundo das plataformas digitais acabou criando foram tribos que têm narrativas próprias e que já não compartilham mais os mesmos fatos. E isso é muito grave, porque o ideal é que as pessoas formem as suas opiniões a partir de verdades, relativas, mas pré-estabelecidas. E nesse mundo das plataformas digitais, as pessoas criam as suas próprias narrativas”, continuou.

“Nós precisamos fazer com que mentir volte a ser errado de novo. Essa é uma transformação importante, de volta a um passado um pouco mais civilizado”, complementou o presidente do STF.

No início do mês, o STF assinou um acordo com as principais plataformas sociais contra a desinformação. Na ocasião, o ministro falou sobre a necessidade de se combater notícias falsas, além de defender que a liberdade de expressão deve ser protegida.

Em sua 9ª edição, o Brazil Forum UK é um evento anual organizado por estudantes brasileiros no Reino Unido.

Além de Barroso, também estão previstos como painelistas diversos especialistas e autoridades, incluindo a presidente da Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai), Joenia Wapichana, e a presidente do Conselho do Magazine Luiza, Luiza Trajano.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo